quinta-feira, 29 de maio de 2008

PRAIAS DO SUBÚRBIO DE SALVADOR ESTÃO LIVRES DE ESGOTOS


No trecho compreendido entre a avenida Contorno até São Tomé de Paripe foram eliminados 264 pontos de esgotos, tendo Salvador o índice de cobertura em esgotamento sanitário em torno de 71%, até o momento, informou a Assessoria de Comunicação da Embasa.

Para ver de perto os benefícios que as intervenções já trouxeram para os banhistas, pescadores e moradores do local, o Centro de Recursos Ambientais (CRA) afirma que o monitoramento das praias é feito de segunda a sexta-feira, com exceção de Periperi e Penha, que são impróprias para a pesca e banho devido à influência das enseadas que tem um desnível elevatório.

A Assessoria de Comunicação da Embasa afirma que “não existe nenhum lançamento indevido de esgoto no subúrbio de Salvador. Na vertente Atlântica (que compreende o trecho entre Porto da Barra até Stela Maris) foram eliminados os 73 pontos de esgoto”. O monitoramento das praias tem como objetivo as medidas preventivas e corretivas para a manutenção da qualidade das águas.

A praia de São Tomé de Paripe é considerada uma das mais freqüentadas da Baía de Todos os Santos. Localizada no bairro do mesmo nome, o mar com suas águas calmas é propício para a prática de windsurf, esqui aquático, caiaque e pescaria. Também é muito procurada nos finais de semana pelos moradores da região e turistas.

 O motivo deve-se ao fato da recente despoluição das praias da região e os benefícios que propiciaram ao meio ambiente.O descaso com as praias do subúrbio era assustador, segundo os moradores do local. Depois da despoluição das praias houve uma melhora expressiva ao aspecto das praias do subúrbio, elevando a auto-estima e a qualidade de vida dos seus moradores. Salvador, de 13 de junho de 2007.




É PROIBIDA A REPRODUÇÃO, TOTAL OU PARCIAL, DO CONTEÚDO DE TEXTO E FOTOGRAFIA, SEM PRÉVIA AUTORIZAÇÃO DO AUTOR DA OBRA. PROTEGIDO PELA LEI 9.610/98.