segunda-feira, 13 de outubro de 2008

A DINÂMICA DA DEONTOLOGIA NAS REDES


Esse conjunto de deveres, princípios e norma ética, pensamento filosófico e essa conduta ideal do homem, torna-se um conjunto de regras ordenadas e justas para a sociedade.

Perfeito até então: postura centrada e qualificada para ciência, que estuda as diversas teorias. Na prática jornalística é altivo estabelecer o exercício profissional.

Mas a dinâmica da deontologia no ciberespaço muda de conceito, o sistema das notícias e seus padrões jornalísticos ganham “asas à liberdade”. Rompendo regras e dificultando o modelo deontológicos aprioristicos.

Nessa nova modalidade da rede, muitos jornalistas tem trocado a reflexão pelo operacionalismo, matematicamente acumulando dados. Essa faca de dois gumes possibilita a informação instantânea e pouca reflexão.

Esse processo evolutivo pelas redes digitais por onde navega a sociedade acaba aumentando a crise das normas convencionais. E mudando o conceito de que não importa se os valores sejam “bons” ou “maus”, o que realmente basta são novos valores frente aos velhos.

As organizações jornalísticas reúnem vários profissionais, através do acesso da rede, que fica cada vez mais ampla e diversificada convencendo aos usuários a produzirem seus conteúdos. Isso significa que a credibilidade jornalística através da evolução das redes, deixou claro que a confiança da sociedade para com as notícias não é mais da mesma forma clássica, obedecendo rigorosamente o exercício de normas e prescrições do código de ética.

Com isso fica claro que a modernidade restringe a ética de certo modo. No ciberespaço a deontologia não descarta os códigos de ética, mas transforma a percepção do profissional da área.





É PROIBIDA A REPRODUÇÃO, TOTAL OU PARCIAL, DO CONTEÚDO DE TEXTO E FOTOGRAFIA, SEM PRÉVIA AUTORIZAÇÃO DO AUTOR DA OBRA. PROTEGIDO PELA LEI 9.610/98.