segunda-feira, 13 de outubro de 2008

A FOTOGRAFIA JORNALÍSTICA








A fotografia jornalística oferece uma visão ampla com objetividade no assunto escolhido e que através da imagem possa convencer a veracidade do fato. Analisando o jornal Correio da Bahia do dia 10 de outubro 2008, percebi que etnograficamente, as fotos não deixam a nossa cultura afro-brasileira fora do cardápio, exemplo, na matéria “Pelô na Copa”.

É importante ressaltar que a capa do jornal traz uma fotografia em movimento de perfeita percepção para a manchete, que diz “Estrada da morte concentra 23% dos acidentes”. A fotografia já diz tudo, os carros correndo freneticamente ao escurecer, dando uma dramaticidade ao acontecimento.

Na matéria “casal vai as ruas pedir emprego”, a fotografia disse através dos meus olhos. “Não precisa ler a matéria”,a função foi chamar atenção da notícia antes mesmo de ser lida. Essa é o objetivo da fotografia jornalística falar tudo na imagem.

No anúncio “Festiva Comida di Buteco divulga os vencedores” a sinestesia na foto é de fato importante. As fotos em que aparecem pessoas expressando sua dor fica clara a sensibilidade fotográfica. Portanto, a imagem é de fundamental importância para substituir a linguagem verbal ou escrita.

Na categoria esportiva, o impacto das fotos afirma a expressão de sucesso ou de derrota, com características próprias. Finalizo essa análise com a foto documental de Dow Jones desesperado no pregão em Nova York.




É PROIBIDA A REPRODUÇÃO, TOTAL OU PARCIAL, DO CONTEÚDO DE TEXTO, SEM PRÉVIA AUTORIZAÇÃO DO AUTOR DA OBRA. PROTEGIDO PELA LEI 9.610/98.