quinta-feira, 21 de junho de 2012

ÓPERA DE ARAME POR LUCIANO LUCCI RAMOS


Ópera de Arame é um dos principais cartões postais de Curitiba. Contém 3 níveis na sua estrutura tubular, teto transparente, incluindo um auditório com capacidade física para 2.400 espectadores e um palco de 400m². Teve a sua construção em apenas 75 dias, numa antiga pedreira. Sua inauguração ocorreu em 18 de Março de 1992 em um projeto desenvolvido pelo arquiteto Domingos Bongestabs, também professor do departamento de Arquitetura e Urbanismo da UFPR. Além da mata nativa, a Ópera de Arame integra de forma bucólica com o meio ambiente, num fabuloso cenário ecológico. Possui uma cascata de 10 metros que derrama suas águas no verde lago com carpas. E para completar a beleza do local, tem como vizinho a Pedreira Paulo Leminskiem. No dia 4 de abril de 1993 houve um concerto do tenor catalão José Carreiras, junto com a Orquestra Sinfônica Brasileira homenageando os 300 anos da capital paranaense. A Ópera de Arame foi palco da peça inaugural “Sonho de uma Noite de Verão” do dramaturgo William Shakespeare. Com direção de Cacá Rosset no primeiro festival de Teatro de Curitiba. Assim concluo que realmente é um sonho Shakespeariano ter esse monumento cultural na nossa capital paranaense.

 
Fotos: Luciano Lucci Ramos / Ópera de Arame - Curitiba-PR
 
Fotos: Luciano Lucci Ramos / Ópera de Arame - Curitiba-PR


É PROIBIDA A REPRODUÇÃO, TOTAL OU PARCIAL, DO CONTEÚDO DE TEXTO E FOTOGRAFIA, SEM PRÉVIA AUTORIZAÇÃO DO AUTOR DA OBRA. PROTEGIDO PELA LEI 9.610/98.