quinta-feira, 25 de abril de 2013

VAMOS DE BIKE!


A DICA É... VAMOS PEDALAR COM SAÚDE!


Desde a minha adolescência eu tinha o saudável hábito de pedalar. A “Bike” sempre fez parte da minha diversão e lazer. Até hoje tenho essa paixão por ciclismo... Uso a bicicleta como um instrumento de meditação e prazer! Com uma vantagem extra no nosso condicionamento físico: pedalar aumenta a capacidade cardiorrespiratória, redução do peso corporal, além de prevenir o infarto do miocárdio e colesterol alto.

Trata de doenças como a hipertensão, trabalham principalmente músculos inferiores, da coxa, glúteo e panturrilha. Poderemos perder em torno de entre 300 e 500 calorias por hora de pedalada. A prática do ciclismo é fundamental para aqueles que preservam a saúde do corpo e da mente.

Antes de montar na “bike”, vale ressaltar em fazer uma leitura do sistema osteomuscular com o clínico, porque não pode estar comprometido. Exemplo disso é: joelho, quadril e coluna. O médico tem que verificar se deve exercitar-se sem riscos. Se o objetivo é emagrecer, as pedaladas não podem ser em ritmo de passeio. Abaixo segue os links com as vantagens e digas para uma pedalada saudável.

ABAIXO UMA TABELA DAS 10 PRINCIPAIS VANTAGENS EM ANDAR DE BICICLETA:

1 - Combate o estresse e a depressão: as contrações cardíacas tornam-se mais eficazes e, com isso, o sangue chega mais rapidamente ao cérebro, diminuindo a incidência de ansiedade, angústia e depressão.

2 - Melhora as relações sexuais: como ocorre uma tonificação dos vasos das coxas e das pernas, a irrigação sanguínea nos órgãos genitais e vasos pélvicos é intensificada, o que colabora com uma melhor ereção peniana e aumenta a lubrificação vaginal, levando a uma relação sexual prazerosa.

3 - Emagrece: combinada a uma dieta saudável e com baixas calorias, as pedaladas auxiliam na perda e no controle de peso, reduzindo a gordura corporal.

4 - Faz ser mais feliz e ter bom sono: o ato de pedalar estimula a liberação das endorfinas (morfinas endógenas - que fazem com que o indivíduo seja mais feliz), aumenta os níveis de serotonina (o chamado hormônio da felicidade), gerando o relaxamento, fatores essenciais para um sono saudável.

5 - Reduz colesterol e triglicérides: com a prática constante do ciclismo, ocorre consumo das gorduras e diminuição do colesterol total e LDL (colesterol ruim), além dos triglicerídeos.

6 - Evita o infarto: ocorre diminuição da glicemia, controlando a diabetes, que é fator de risco para a formação da placa aterosclerótica, que leva a angina e ao infarto agudo do miocárdio.

7 - Diminui a pressão arterial: pedalar com frequência tonifica os vasos sanguíneos (artérias e veias) e faz com que eles relaxem mais facilmente, contribuindo com a diminuição da pressão arterial, que é um importante fator de risco para doenças coronarianas.

8 - Aumenta a imunidade: com a melhora na contração cardíaca, o sistema imune fica estimulado e eleva a produção de glóbulos brancos, ajudando o organismo a defender-se de vírus e bactérias.

9 - Melhora a respiração: o esforço das pedaladas aumenta a frequência cardíaca, melhorando a oxigenação dos pulmões e dos tecidos.

10 - Garante boa forma e fôlego de atleta: a prática recorrente do ciclismo tonifica os músculos das pernas, além de aumentar o desempenho aeróbico e cardiovascular.

Aproveite as dicas e comece a pedalar!


Ajuste seu equipamento



• A altura do selim deve ser regulada para que, quando a perna estiver na posição mais distante, o joelho ainda esteja levemente flexionado.

• A altura do selim deve estar alinhada com a ponta do canote do guidão.

• A distância entre o selim e o guidão deve ser a soma do antebraço mais a mão estendida, de forma que o cotovelo fique encostado na ponta do selim e o dedo na ponta do canote.


Cuidados básicos

• É fundamental levantar-se do banco a cada 5 ou 10 minutos. Estudos mostram que a falta de circulação pode ocasionar problemas circulatórios e neurológicos.

• As roupas devem ser adequadas à prática de exercício. Existem bermudas especiais, acolchoadas. Os bancos de gel também são uma opção para evitar, por exemplo, lesões no períneo. Ambos diminuem impactos na região pubiana.

• Um instrumento importante é o relógio, que vai medir a duração da sessão de caminhada ou da bicicleta. Um walkman pode ser interessante, na medida em que realizar exercício com música ajuda a relaxar.

• O ideal é fazer alongamentos durante 10 minutos antes e depois da atividade física.

• A qualquer sinal de dores, cãibras, falta de ar, cansaço extremo, é recomendado parar. Depois, procure um médico.


Alimentação e hidratação

• Nenhum exercício deve ser feito em jejum. O correto é fazer lanches leves, pelo menos uma hora antes, à base de carboidratos.

• Para uma boa hidratação, o ideal é ingerir 300 mililitros de água uma hora antes do exercício e 100 mililitros a cada 15 minutos de atividade. Isotônicos devem ser usados por quem pratica mais de uma hora de exercícios.


Proteção

• Para quem vai fazer o exercício fora da academia, proteção contra os efeitos nocivos dos raios solares é fundamental. Para os olhos, use óculos escuros com proteção UVA e UVB. Para a pele, não dispense um bom filtro solar. Evite os horários de sol forte.






























Foto: Luciano Lucci Ramos


Fontes:

link: http://mountainbikebh.com.br/site/index.php/beneficios-da-bicicleta-para-a-saude

link: http://www2.uol.com.br/vyaestelar/ciclismo.htm

fonte:mountainbikebh.com.br/www2.uol.com



É PROIBIDA A REPRODUÇÃO, TOTAL OU PARCIAL, DO CONTEÚDO DE TEXTO E FOTOGRAFIA, SEM PRÉVIA AUTORIZAÇÃO DO AUTOR DA OBRA. PROTEGIDO PELA LEI 9.610/98.