sábado, 27 de junho de 2015

A FLOR DO LAGO AZUL



Joguei no lago azul a semente do rancor.
A resposta germinou no orvalho e no calor.
A mais pura flor do sentimento de amor.
Que colhi com ardor e seu perfume ficou.
Nas mãos límpidas de quem muito te amou.

                                  Luciano Lucci Ramos























Foto: Luciano Lucci Ramos


É PROIBIDA A REPRODUÇÃO, TOTAL OU PARCIAL, DO CONTEÚDO DE TEXTO E FOTOGRAFIA, SEM PRÉVIA AUTORIZAÇÃO DO AUTOR DA OBRA. PROTEGIDO PELA LEI 9.610/98.