segunda-feira, 29 de junho de 2015

O RIO SÃO FRANCISCO PEDE PARA VIVER






O Rio São Francisco não pode morrer... Meu amado, Velho Chico! Se minhas lágrimas fossem o suficiente para trasborda-lo. Você Já estaria cheio e salvo! Como lamento...  O Rio da integração nacional. Clama pela sua vida.









“Eu sou o Rio São Francisco, também conhecido por muitos, como o velho Chico. Eu sempre dei tudo de mim para vocês; água limpa pra beber, para o banho, para o transporte, o peixe fresco para o alimento, enfim, tudo que vocês precisam, mas ultimamente, venho sofrendo bastante com a degradação e com uma grande sangria em uma das minhas artérias, chamada transposição. É infelizmente, muitos não ouvem meu gemido, pois ele é silencioso; por isso eu venho pedir para que todos vocês não deixem que jogue lixo nas minhas aguas, nem matem as minhas plantas ribeirinhas. Amigos eu peço pelo amor de Deus – eu não quero morrer, porque o meu desaparecimento afetará a sobrevivência de todos vocês.”


                                                                                                                              Velho Chico


















Fotos: Luciano Lucci Ramos


É PROIBIDA A REPRODUÇÃO, TOTAL OU PARCIAL, DO CONTEÚDO DE TEXTO E FOTOGRAFIA, SEM PRÉVIA AUTORIZAÇÃO DO AUTOR DA OBRA. PROTEGIDO PELA LEI 9.610/98.