quarta-feira, 1 de julho de 2015

QUARENTA ANOS DE FRUTO PROIBIDO









O disco intitulado Fruto Proibido de Rita Lee & Tutti-Frutti, foi lançado em 30 de junho de 1975, Com 9 músicas de uma verdadeira obra-prima do rock brasileiro! Foi recorde de vendas. Uma vendagem na época de 200 mil copias, além de considerado o melhor álbum de rock nacional até hoje. Está na lista dos discos mais importantes do Brasil pela revista brasileira Rolling Stone. Apesar de ser o quarto álbum solo da Rita, foi o segundo LP (Long Play) com a banda Tutti-Frutti.  Como cantora, compositora e instrumentista brasileira, Rita Lee estourou com Fruto Proibido posteriormente ao disco chegar as lojas. Após 40 anos do seu lançamento, Fruto Proibido deixou em suas faixas um hard rock mesclado com blues e pop. A banda Tutti-Frutti trazia músicos como: Luís Sérgio Carlini na guitarra, Lee Marcucci no baixo e Franklin Paolillo na bateria. A formula do sucesso para o fenômeno fonográfico. Na edição “Super Luxo” o disco cor de rosa, veio com capa dupla numa fotografia panorâmica do grupo Tutti-Frutti e  a Rainha do Rock, Rita Lee, numa singela pose com um passarinho pousado no seu dedo. Na capa da frente Rita aparece sossegada como uma doce ovelha negra, plena da sua reivindicação da independência feminina, sentada numa poltrona com seu vestido claro esvoaçante e a vontade com sua cigarrilha, sensualizando a capa que marcaria toda uma geração. Dentre os principais sucessos, “Ovelha Negra”, “Agora Só Falta Você”, “Luz Del Fuego”, “Esse Tal De Roque Enrow”, “Cartão Postal”, “O toque” e “Dance Pra Não Dançar”. Na ocasião 2 canções do disco fizeram parte da trilha sonora de uma mesma novela na Rede Globo de Televisão. “Esse Tal de roque Enrow” e “Agora só Falta Você” embalava a novela Bravo de Janet Clair e Gilberto Braga. Caso raro em trilhas sonoras. Fruto Proibido é um marco da história da música brasileira, e Rita Lee a rainha do rock nacional.





É PROIBIDA A REPRODUÇÃO, TOTAL OU PARCIAL, DO CONTEÚDO DE TEXTO, SEM PRÉVIA AUTORIZAÇÃO DO AUTOR DA OBRA. PROTEGIDO PELA LEI 9.610/98.