sexta-feira, 30 de junho de 2017

AGUDA INSÔNIA



Aguda insônia, adentra sem anúncio.
Abro-te portas e janelas para adormecer a sentinela.
Convido-te a retirar-se do meu álgido leito.
Peço-te tua ausência, libertando-me da tua presença.
Esquece-me no meu prelúdio, consinta-me devanear.


                                   Luciano Lucci Ramos




Foto: Luciano Lucci Ramos

É PROIBIDA A REPRODUÇÃO, TOTAL OU PARCIAL, DO CONTEÚDO DE TEXTO E FOTOGRAFIA, SEM PRÉVIA AUTORIZAÇÃO DO AUTOR DA OBRA. PROTEGIDO PELA LEI 9.610/98.