terça-feira, 6 de junho de 2017

DEPOIMENTO SOBRE A EXPOSIÇÃO - O OLHAR FOTOGRÁFICO DE LUCIANO RAMOS - (2005)



O olhar fotográfico atrás da câmera é um catalizador para uma nova partida, dessa vez na questão social, acentuado a luta pela sobrevivência, a busca da fé na religiosidade, e as características regionais do sertão baiano. O estado da Bahia é pródigo na sua cultura múltipla em episódios sociais e crenças. Assim desenvolvi a ideia de rever as minhas raízes por uma ótica peculiar. Viajei pelo sertão em busca de saber e entender a rudeza de tanto sofrimento e principalmente da bravura do povo nordestino em sustentar uma aridez perceptível. Foram histórias de vida com contos e “causos”, que fascinaram a minha percepção e a calorosa baianidade do qual faço parte. Assim traduzir em imagens fotográficas a luta desse povo tão resistente ao calor e a sede de ser feliz. Aprendi que por trás das complexidades, políticas, sociais e climáticas, o povo nordestino é merecedor de admiração pela sua compaixão, humildade e fé. O olhar fotográfico de Luciano Ramos, transformou as imagens fotográficas numa experiência visceral e transcendente em captar cada momento de formosura, angústia, testilha e amor. Captei nas minhas andanças pelo sertão através da minha câmera, o princípio vital da felicidade do ser nordestino e fiz um mergulho etnográfico com suas diversidades cultural e social.



EVENTO 2005 - Galeria Pierre Verger, com o apoio cultural do Governo do Estado da Bahia.













CONVITE
BASTIDORES



É PROIBIDA A REPRODUÇÃO, TOTAL OU PARCIAL, DO CONTEÚDO DE TEXTO E FOTOGRAFIA, SEM PRÉVIA AUTORIZAÇÃO DO AUTOR DA OBRA. PROTEGIDO PELA LEI 9.610/98.